Prioridades

Por que nossas prioridades mudam tanto depois que começamos a planejar um casamento?

Antes de ficar noiva oficialmente, eu tinha as minhas prioridades com relação ao casório:

1) Contratar um fotógrafo MA-RA-VI-LHO-SO. (Sim, esse maravilhoso tem que ser falado assim bem gay, senão a ênfase não funciona!)

2) Casar ao ar livre, durante o dia.

3) Os convites teriam que ser modernos e totalmente diferentes de qualquer coisa que eu já vi.

Basicamente, essas eram algumas das prioridades, o que eu considerava realmente importante, impossível de se abrir mão. Todo o resto seria adaptável e até mesmo algo poderia ser descartado ao longo do caminho.

Cá estou eu, quase dois meses depois do noivado, e já revendo várias das minhas prioridades. Antes eu tinha três, e agora parece que já tenho itens suficientes pra contar nos dedos dos pés e das mãos! Como uma cena saída do filme Sex and the City, entendo exatamente o que a Carrie quis dizer quando disse que deixou que o casamento ficasse maior do que o próprio relacionamento. Como de um conjuntinho sem grife a um luxuoso Vivienne Westwood, as prioridades de uma noiva podem mudar num passe de mágica. Para isso, basta que ela encontre opções.

De repente, comecei a me importar com coisas que antes não faziam tanta diferença, como o tipo de cadeiras da cerimônia. Se eu bem me lembro, antes eu não dava a mínima se todos tivessem que sentar naquelas cadeiras de plástico de jardim. Agora meu coração se parte quando penso em optar entre cadeiras Tiffany (ou Chiavari) ou de ferro! Sem falar que depois que conheci videomakers maravilhosos (lá vou eu de novo declarar minha paixão e tietagem pelo StillMotion!), comecei a querer um videomaker maravilhoso também. E olha que antes cheguei a cogitar nem ter filmagem do casório. Acredito que muitas noivas também já cogitaram isso, considerando a quantidade de vídeos BREGAS, de péssima qualidade e mal editados que vemos por aí. Quando você começa a ver coisas lindas, fica difícil não começar a pensar que aquilo é sim um item de extrema prioridade.

Mas não é. Tá, o vídeo é importante e talvez seja sua única chance de assistir o cortejo. Beleza, então o vídeo pode sim ser considerado um item prioritário. Mas e o resto? As havaianas pra pista de dança (Aaaargh!), os pacotinhos de lenços “Lágrimas de Alegria” (sim, isso existe!), os bem-casados, as cadeiras Tiffany, garrafinhas de água personalizada com a foto dos noivos (huahauhau! É sério!) etc… Não deixe que te digam que isso é uma prioridade, se pra você nunca foi. Não deixe que te digam que você TEM QUE TER certas coisas só porque a maioria dos casórios tem, mesmo que essa coisa seja um vestido branco ou um bolo de 3 andares (nem todo mundo gosta de bolo!). Mantenha-se fiel à si mesmo e mantenha-se fiel às suas prioridades, analisando sempre com muito bom-senso novas adições à lista de prioridades. O que você realmente TEM QUE TER é um casamento do jeito que você sonhou. Essa é a prioridade. Você sonhou com um casamento na praia com cadeiras Tiffany? Maravilha! Se você sonhou em casar numa igreja de manhã e depois tomar aquele brunch sensacional com a família, maravilha também! Se você sonhou em casar de vestido azul, corra atrás do seu sonho! Se você quer casar em Las Vegas numa cerimônia feita pelo Elvis, bom… é seu sonho, então vai lá!

Quando eu começo a ficar insana com as coisas que os outros acham que eu tenho que fazer com relação ao casório, converso com meu noivo maravilhoso e rapidinho ele me ajuda a enxergar claramente tudo de novo e põe meus pés no chão. Casar exige muitas habilidades diplomáticas. Você tem que saber lidar com todas as opiniões alheias sobre esse evento que é, em realidade, sobre vocês dois. Claro, é um dia pra se compartilhar com muita gente, mas é sobre vocês dois. Não pode ser um evento egoísta, mas não pode ser um evento sobre 500 pessoas. O reflexo que temos que enxergar nesse dia é o reflexo do casal, e não o dos 250 convidados.  O difícil é que poucos familiares conseguem respeitar esses limites. E mais difícil ainda é lidar com todos os “intrometidos” com a finesse de uma lady. Tem hora que estamos mais pra lady Gaga!

Enfim, uma dica pra manter as prioridades no lugar e os pés no chão que aprendi depois de muito tempo lendo sites de noivas, revistas de noivas, blogs de noivas, e etc: Escreva junto com seu amado suas prioridades num papel. Escreva realmente TUDO aquilo que não pode faltar, assim que vocês começarem a pensar em casamento. E deixe-as num lugar visível, pra que sempre que você começar a se sentir oprimida por opiniões alheias, blogs de casamento, revistas de noiva pouco realistas ou o que for, isso te ajude a se lembrar daquilo que realmente era importante no princípio. Pode até ser que ao final do planejamento algumas coisas que eram prioridade nem sejam mais. Fato é que a gente vai ficando mais desapegada com o tempo, entendendo que, no fim das contas, a sua maior prioridade sempre foi (e sempre será) ser a esposa.

5 thoughts on “Prioridades

  1. Pretinha, muito bom o texto! E adorei saber que te ajudo a voltar ao planeta Terra. Mas eu sonho junto com vc e quero que tudo saia do jeito que vc quer. Eu te amei, te amo e vou te amar pra sempre!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s