Amor, sapatos, distância e amor.

O trabalho da fotógrafa Elizabeth Messina é tão maravilhoso que merece ser reprisado em todo e qualquer blog que fale de casamentos! Ainda mais quando vale a pena não só pelo visual sensacional (e os sapatos de tirar o fôlego!), mas pela história de amor linda contada em imagens…

Me identifiquei com esse casório lindo primeiro pelos sapatos modernosos (que vontade de casar de unha pintada de preto e sandália nude – mata o noivo do coração!), mas pelas cores, pelo brilho nos olhos e pela aura cor-de-rosa que só as fotos da Elizabeth Messina tem. Sem falar no detalhe super fofo e suspeito que gerou em mim identificação instantânea: o casal Aaron & Cherise também namorava à distância. Eles também sabem o quanto um aeroporto pode partir seu coração partida após partida, bem como pode colar todos os cacos no lugar na chegada!

Tomei a liberdade de traduzir o que o noivo escreveu à fotógrafa sobre o dia do casamento.

“Nosso namoro durou 5 anos e nos rendeu, aproximadamente, 50 mil milhas aéreas.Cherise morou em New Orleans nos dois primeiros anos do nosso relacionamento e em Los Angeles pelos 36 meses restantes. Por mais que eu quisesse estar em outro lugar, eu estava em Las Vegas. Se você tivesse perguntado um dia antes do nosso casamento “qual foi o beijo mais memorável de vocês?”, nós teríamos tido muita dificuldade pra dizer uma data ou lugar específico. Nossas mentes fariam flashback pros inúmeros terminais de aeroporto, porque parece que nós sempre estávamos chegando e deixando um ao outro. Por mais clichê que isso possa parecer, nós dois concordamos que foi somente um beijo, o beijo que acabou com a distância e com nosso programa de milhas: o beijo do nosso casamento. Eu estava de pé no altar ao lado do meu padrinho quando as portas da igreja se abriram e eu vi uma silhueta acompanhada de uma brilhante luz branca. Seria a última vez que Cherise iria ‘me visitar’. Eu não consigo evitar pensar na metáfora da igreja sendo como um terminal de aeroporto. No entanto, naquele momento em que nos beijamos, um beijo que já praticamos em muitas ocasiões anteriores, nós não estávamos indo embora em aviões, mas estávamos deixando pra trás nós mesmos como indivíduos. Nós nos tornamos um. Nunca mais diríamos adeus.”

Eu não pude evitar as lágrimas quando li esse parágrafo no blog da Elizabeth. Que delícia é o amor!

Fotos: Kiss the Groom

Anúncios

2 thoughts on “Amor, sapatos, distância e amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s