Como você quer se sentir?

Eu não lembro agora onde foi que eu li, mas ficou gravado na minha mente, com certeza. Como você quer se sentir no dia do seu casamento pode te ajudar a definir todo o seu look.

Como você quer se sentir vestida de noiva? Como uma princesa? Como uma fada? Como uma estrela glamurosa de hollywood? Como uma deusa grega? Como uma pin-up? Como a Audrey Hepburn? Como a Grace Kelly (olha a redundância de princesa…)? As possibilidades são infinitas, basta você olhar pra dentro de si e se perguntar: “como eu quero me sentir? como eu imagino meu grande dia?”

Isso ajuda MUITO na hora de definir e compor um look de noiva, e até mesmo o casamento inteiro. Por exemplo, quando eu comecei a pensar em como eu queria me sentir vestida de noiva, lembrei de todas as coisas inspiradoras que vi em blogs, sites, revistas e filmes. Todas as coisas que me inspiravam eram muito naturais: árvores, flores, luz do sol, tecidos muito fluidos e finos, cabelos etéreos cheios de movimento, cores claras, femininas e pastéis. Eu queria uma atmosfera mágica, entre tecidos diáfanos, uma coisa meio “bosque encantado misturado com um chá da tarde no interior da Inglaterra”. Eu queria me sentir uma fada, com a delicadeza de um personagem dos livros de Jane Austen. Bom, sendo assim, dificilmente um look princesa Grace Kelly iria combinar com essa minha visão. Quando eu percebi que eu não queria ser uma princesa, nem uma pin-up, nem uma estrela de hollywood, aí ficou muito mais fácil eliminar os elementos que não condiziam com essa visão. Claro que eu não estou pregando total uniformidade aqui! Nada pior do que tudo “combinandinho”. Maaaas… vale lembrar: coerência é tudo nessa vida! Um visual etéreo de fada para um casamento diurno dificilmente suportará uma coroa ou tiara mais austera com brilhantes, etc… Deixe a coroa para as princesas, portanto.

Também não estou dizendo que você não deva se parecer com você mesma. Não é uma questão de se fantasiar de noiva. Mas é uma questão de encontrar o look mais próximo da sua personalidade, do seu sonho, da sua “princesa interior” (huahuahua – não acredito que escrevi isso!). Claro que nem toda mulher gosta da idéia de princesa. Mas no dia do casamento, pelo menos para a maioria de nós reles mortais, esse será o nosso dia de maior glamour e realeza. As atenções serão todas suas. Então, seja o seu sonho ficar a cara da Audrey Hepburn ou de uma deusa grega, elas representarão o seu ideal de “realeza”, a sua “princesa interior” (de novo! hehehe!). Parece besteira, afinal de contas, você não deveria querer se parecer com outra pessoa, e sim você mesma no dia do casamento. Com certeza, eu concordo. Não tem nada mais estranho do que ir a um casamento e quase não reconhecer a noiva, tamanha foi a transformação! Pode estar linda, mas todo mundo sabe que ela NÃO é assim. O ideal é ser uma versão levemente melhorada de si mesmo. Não é pra se fantasiar de deusa grega, mas sim o visual ser inspirado em uma deusa grega. Por isso o melhor é sempre buscar referências naquilo que está mais próximo da sua personalidade e do seu sonho de casamento. Algo que as pessoas que te conhecem possam olhar e pensar: “Ah, ela está linda! É bem a cara dela isso mesmo!” Você não precisa parecer o seu “eu” mais normal nem precisa se montar toda numa superprodução fantasiosa, mas você pode ter glamour condizente com a sua personalidade.

Saber como você quer se sentir ajuda na hora de planejar todo o evento. Assim como tiaras e vestidos, tem outras coisas que podem não combinar num casamento. Pense numa noiva que adora um visual super hippie se casando numa catedral. Estranho, né? Entenderam agora porque a coerência é tão vital? Claro que é preciso ser flexível nessa vida, então tente não encarar as diferenças de estilo como proibições. Só porque não é o mesmo estilo não quer dizer que não combina. O vintage, por exemplo, geralmente combina muito bem tanto com o formal como o informal. Seja aberta a misturas, com a mesma cautela que se usa na hora de escolher uma roupa pra sair: olhando-se sempre no espelho e vendo como o conjunto da obra agrada aos olhos. Cautela, novamente, nunca é demais.

E vocês, alguém já tem idéia de como quer se sentir vestida de noiva?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s