A vida é um mar de cor-de-rosa! #2

Quinta-feira, e o pessoal não vê a hora do feriado chegar, né? Amanhã ainda tem post, mas depois só quarta-feira MESMO! Bem, com esse calor e o feriadão que se aproxima, que tal um drink fresquinho e rosinha? Pink Lemonade é um drink não alcoólico (mas isso não nos impede de testar umas misturinhas depois, claro! hehehe!) e todo cor-de-rosa, porque a gente AMA rosa, né mulherada?! Quem quiser pode usar água com gás, é uma opção mais “festiva” do drink! hehehe…

Ingredientes:

1 xícara de açúcar cristal
2 e 1/2 xícaras de suco de limão siciliano
1 e 1/2 xícara de açúcar refinado
2 xícaras de suco de cranberry
água
Como fazer:

Coloque o açúcar cristal e 1 xícara de água para ferver em fogo alto. Misture até que o açúcar esteja completamente dissolvido. Desligue o fogo, espere esfriar e leve à geladeira por 1 hora.

Adicione à mistura já bem fresquinha, o suco de limão, o açúcar refinado, o suco de cranberry e mais um copo e meio de água (ou um pouco mais, caso você ache a limonada ficou forte demais). Misture tudo até que o açúcar esteja completamente dissolvido. Coloque em uma garrafa linda e leve novamente para gelar. Sirva quando estiver bem gelado e com pedrinhas de gelo adicionais.

A receita é via Martha Stewart, adaptada pela Chris Campos.

Anúncios

Cheesecake, eu te amo!

Cheesecake, meu amor!

Quando eu achei que não dava pra coisa ficar melhor, vem alguma mente brilhante (e muito provavelmente gordinha) e faz a coisa atingir níveis estratosféricos de gostosura!!! Sabe como? Pega a cheesecake e joga em cima de um… BROWNIE!

SIM! Você leu direito: Brownie + cheesecake. E isso, meus amigos, é o que eu chamo de um orgasmo culinário. A receita desta maravilha (em inglês) você pode conferir aqui. Vou testar e depois conto se faz jus às fotos!

Só de olhar essas fotos, eu morroooooo…

Cheesecake attack

Eu tenho um apego muito grande por cheesecake. É uma das poucas sobremesas que faço direitinho (obrigada, Nigella!) e gosto tanto, mas taaanto que provavelmente eu comeria uma boa cheesecake do chão, igualzinho naquela hilária cena de Friends:

Cheesecake, te amo! Sua linda! E porque cheesecake se come de váááários jeitos, vamos babar nas fotos abaixo até dar a hora de almoçar.

 

Imagens via Pinterest

Sensorial Trip Culinária: Pequenos (saudáveis) prazeres

Certas coisas combinam tão perfeitamente o saudável e o gostoso, que se tornam super exemplos de “confort food” pra mim. Claro que a maioria esmagadora da minha listinha de confort food inclui chocolate, mas uma boa exceção é o saudável cookie de aveia e passas. Fácil, rápido, cheio de fibras e DE-LI-CI-O-SO! O típico biscoito que qualquer pessoa sem habilidade alguma na cozinha pode fazer. E tem jeito de biscoito da vovó! Ummm…

dsc03716

Cookie de Aveia e Passas

2 xic de aveia em flocos finos

1 xic de açúcar

3/4 xícara de açúcar mascavo

1 xíc de farinha de trigo (eu uso a integral)

1 colher de chá de fermento

1/2 xíc de margarina (ou manteiga) sem sal

2 ovos

1 colher de chá  de essência de baunilha

1 colher de chá de canela em pó

1 xíc de passas sem semente

Modo de preparo:

Unte e enfarinhe duas assadeiras grandes. Pré-aqueça o forno em 180°. Numa tigela, junte a aveia, o açúcar, a farinha, a canela e o fermento. Acrescente a margarina e os ovos inteiros. Trabalhe a massa até ficar homogênea. Junte a essência e as passas. Com o auxílio de uma colher de sopa, porcione a massa, formando bolinhas. Distribua as bolinhas nas assadeiras, deixando um espaço com cerca de 3 cm entre elas. Achate as bolinhas suavemente. Asse por cerca de 20 a 25 minutos, ou até os biscoitos começarem a dourar na superfície. Retire do forno e deixe esfriar. Rende aproximadamente 32 cookies, mas eu faço grandão e rende uns 18! Nham!

Ps.: A receita foi originalmente retirada do blog Quiche de Macaxeira, mas contém alterações feitas por mim. 😉

Sensorialtrip culinária: o bolo egoísta

Em um momento no melhor estilo “Morando Sozinho”, resolvi testar uma dessas receitinhas do tipo pá-pum, daquelas que não te fazem exatamente ganhar o título de rainha do fogão, mas ajudam no quesito rainha da praticidade. Nunca fui muito de acreditar nessas receitas de microondas, tenho o maior preconceito. Mas quando o assunto é doce, eu viro culinarista de vanguarda e topo testar qualquer novidade.

Tudo bem que eu não moro sozinha, muito menos sou eu que faço o almoço diariamente aqui em casa. Mas se eu entrei na cozinha, na maioria das vezes é por algum propósito culinário bastante egoísta. Cozinhar pra si mesmo e só para si é um perrengue prazeroso, sem recompensas (porque ninguém vai provar sua comida e, portanto, ninguém vai te elogiar), porém totalmente recompensador (porque você vai comer!). Paradoxal? Pois é, a culinária egoísta é assim.

Existem aqueles dias em que um bolo de chocolate é mais que um desejo. Se você é mulher, é uma necessidade. Mas quem tem a paciência de bater e assar um bolo inteiro só pra matar aquela vontadezinha? Pior: quem é a doida que assa um bolo inteiro, correndo o risco de comê-lo inteirinho sozinha, ou pelo menos metade dele, durante uma tpm faraônica? Deus nos livre. Então faça como milhares de preguiçosos ao redor do mundo e asse sua porção de bolo de chocolate individual no microondas. Não fica borrachento, assa de verdade, tem o mesmo gosto daquele que você já conhece e o melhor de tudo: você só suja uma caneca e fica pronto em 3 minutinhos. É o milagre “nissim miojo”! Aleluia, amém. Segue a receita abaixo.

Bolo Caneca de 3 Minutos (foto e receita retiradas deste site)

Ingredientes:

1 ovo pequeno
4 colheres (sopa) de leite
3 colheres (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó
4 colheres (sopa) rasas de açúcar
4 colheres (sopa) rasas de farinha de trigo
1 colher (café) de fermento em pó

Modo de Preparo:
Coloque o ovo na caneca e bata bem com garfo.
Acrescente o óleo, o açúcar, o leite, o chocolate e bata mais.
Acrescente a farinha e o fermento e mexa delicadamente até incorporar.
Leve por 3 minutos no microondas na potência máxima.

Calda:

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de leite
1 colher (chá) de manteiga
1 ou 2 colheres (sopa) rasas de açúcar
3 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó

Modo de Preparo:
Misture tudo e coloque por 30 segundos no microondas na potência máxima
Coloque no bolo ainda quente.

Dicas Importantes:

* Dimensões desta caneca:
9,5 de coprimento (altura)
8,5 de diâmetro (largura da boca da caneca)
Capacidade de 300ml

* A colher (sopa) da farinha, do chocolate e do açúcar são rasas. Se colocar colher (sopa) fazendo morro, o bolo vai ficar duro.

* Se você deseja desenformar da caneca, unte uma outra caneca com margarina e farinha de trigo, coloque a massa e leve o bolo para assar.

* Você pode servir este bolo com sorvete.

Sushi freaks

Eu adoro comida japonesa. Adoro sushi, sashimi, temaki e tudo com muito wasabi em cima e um básico shoyo pra acompanhar. Amo mesmo!

E você, também é doido por um sushizinho? Então quem sabe você também vai ficar doido ao ver que existem outros tão doidos quanto você por aí que até criaram umas almofadas em formato de sushi! Olha que coisa mais fofaaaaaa!!!

E não pára por aí. Além das almofadas de salmão, rolinho e atum, ainda tem bottons foférrimos de (adivinhe!)… sushi! Por 8 dólares você leva um set de 6.

Ok, então você é daqueles que curtiu tanto a idéia de sair por aí declarando seu amor pela culinária nipônica que não quer parar só no botton e almofada. É preciso se auto-decorar? Então pronto! Seus problemas acabaram! Também tem colares e brincos com sushizinhos, biscoitos da sorte e até mesmo brincos e colares com Onigiris (que são basicamente uns bolinhos moldados com arroz cozido, DELICIOSOS!) e carinhas felizes!

A loja virtual Shanalogic vende todas estas coisinhas fofas e entrega aqui no Brasil também. Pra fanático nenhum botar defeito.

Sensorial trip culinária

Bom, a proposta desse blog nunca foi ser somente um blog de moda. É que essa é minha formação, então a tendência é que eu acabe escrevendo mais sobre moda do que eu pretendia. Mas a proposta é escrever sobre todas as coisas que aguçam os meus sentidos. E os sentidos dos outros também…

E por falar em sentidos, um dos meus sentidos preferidos é o paladar. Siiiim, eu faço parte do clube dos bons de garfo, e isso é um tormento quando se tem que lutar com a balança também. De qualquer forma, o paladar é um negócio que mexe comigo, não só no que diz respeito à comida, mas de uma maneira geral. Pode ser num beijo (de língua, sem língua, selinhos), numa lambida (ui!), até num escovar de dentes… Agora, quem realmente mexe com meu paladar é uma mulher. Epa, calma aê! Não é o que vocês estão pensando… hehehe… Explico.

nigella.jpg

A mulher é uma chef britânica chamada Nigella. Sim, britânica. Tanto se fala mal da cozinha britânica. Bem… eu nunca morei por lá (e até pretendo!), mas essa mulher certamente mudou meus conceitos sobre culinária. O divertido sobre Nigella é que, apesar de linda, ela é uma glutona. Sim, isso mesmo que você leu: G-L-U-T-O-N-A. Pode até ser que eu receba comentários indignados de fãs da moça, mas calma aí, porque eu também sou fã. E quem é fã de verdade tem que admitir: ela é brutaaaa! Glutona sim:

glutão fem. glutona Do Lat. glutone Adj. e s. m., que ou o que come muito e com avidez; comilão; voraz.

Sim, Nigella é voraz nas garfadas. E é divertidíssima, porque ela faz questão de assumir isso sem maiores complicações. No seu programa de televisão, transmitido no Brasil pela Net/Sky, Nigella apresenta receitas nem um pouco lights, totalmente baseadas no prazer de comer. Hedonismo culinário na sua mais pura forma. Ama cozinha à moda antiga, sem aquela ladainha de gordura vegetal e etc… Não, ela usa manteiga da mais gorda mesmo, sem dó nem peidade. Ama frituras mais que tudo. Sua guloseima preferida para comer sozinha é orelha de porco fatiada fininha e, obviamente, frita. Chocólatra também, claro. Chegou ao cúmulo de empanar chocolatinhos do tipo “prestígio” e fritá-los, para uma experiência mais interessante. E a bela devora cada imenso prato (acredite em mim, o prato dela é sempre IMENSO) que faz ao final do programa, na cara dura. E o telespectador fica lá olhando, idiótico, babando naquele pedaço imenso de cheesecake (aliás, foi somente com Nigella que a minha cheesecake antes maçuda virou um pedaço do paraíso)… Pelo menos é garantia de que ficou bom, né? Ou seja, ela é tudo o que eu gostaria de ser mas que faço de um tudo para evitar sê-lo. Oh, vida paradoxal…

Você deve se perguntar: Como essa mulher não é obesa mórbida ainda? Bom, ela pode ser glutona, mas é bem esperta. E também não é magrinha. Faz o tipo bem encorpada, cheinha, curvilínea. Mas ela confessa que, graças ao seu imenso talento e inventividade culinária, ela tem que se submeter vez ou outra a uma dieta básica. Mas até os pratos de dieta da Nigella (que ela já mostrou no programa uma vez), são tão convidativos e interessantes que eu não veria problema nenhum em ter que fazer mais uma dietinha nessa minha vida…

As receitas de Nigella geralmente não são complicadas, porque ela odeia ter trabalho na cozinha (além de tudo é preguiçosa! ai, meus 7 pecados capitais… hehehe), o que torna as coisas ainda mais convidativas para reles mortais como eu que não tem tanta aptidão. Se você também tem um mestre-cuca tresloucado e reprimido dentro de você, chegou a sua vez: no site oficial da linda cozinheira você encontra ainda um mooooonte de receitinhas para se divertir. Um brinde ao paladar!